sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

HIPERACTIVIDADE E UM PAR DE ESTALOS ...

Pois bem, sabem que sou médica ( ou quem não sabe passa a saber), aspirante a Pediatra, e sabem que adoro crianças... ainda hoje vi um Martim com um olhão lindo ... Mas também vi uma Senhora "piece de resistance".... Actualmente, está na moda ser-se hiperactivo: é uma das doenças do século XXI! Mas 90% dos casos assim rotulados, não o são e o hiperactivo é afinal uma criança perfeitamente normal. Estranho, estranho, é uma criança sossegadinha, que não incomoda (Que conveniente!).
Mas pior é ter-se uma perturbação de hiperactividade e défice de atenção associada a uma grandessíssima malcriadisse: ser-se manipuladora, impositiva e pôr a vida dela e de outros em perigo. Usar fraldar, dormir com os pais e fazer xixi na cama. E não é só uma questão de educação! Porque com a mesma educação, 2 irmãs, 2 cabeças diferentes...
Ai, se a cara dela chocasse acidentalmente com a minha mão . . . Ai, que nervos . . .
Gabo a paciência aos Pedopsiquiatras... Marzita, fogo! Que dose!

2 comentários:

bruxa disse...

Uiui ,meu deus meeedo!!!!!!!!!!!!!!bjs
bruxa

Maggs disse...

lol e olha que às vezes a dose, ui, é do pior!!! mas todos temos uma dose qualquer nestes rumos da Medicina!!